PIPEIROS DO SERTÃO VÃO APROVEITAR VISITA DO GOVERNADOR PARA COBRAR O QUE ELE DEVE A CATEGORIA


Nesta quinta-feira dia 22, o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB), cumpre agenda nos municípios de Araripina, Bodocó, Ouricuri e Parnamirim.

Em Araripina o gestor estadual preside a solenidade do Programa “Todos Por Pernambuco” do sertão do Araripe, ainda assina ordem de serviços para perfuração de poços artesianos. Em Bodocó o governador visita as obras da ponte do Pesqui, já em Ouricuri a agenda de Paulo Câmara tem a caravana do 13º do Bolsa Família e entrega de títulos de posse.

Em Parnamirim, já no sertão Central do estado, o governador a agenda de Paulo Câmara é no Distrito do Jacaré, zona rural do município, lá o gestor vai participar da solenidade de inauguração da escola Dominiciano Balbino da Silva, na oportunidade assina a formalização do termo de cessão de uso da referida escola.

O governador vai enfrentar protestos dos pipeiros da região que esperam receber do estado pagamentos por prestação de serviços junto ao IPA na distribuição de água as famílias que moram na zona rural dos municípios. Já faz tempo que o governo do estado deve a esses pais de família, alguns deles têm algo em torno de 22 meses de serviços prestado ao estado.

Um dos pipeiros que espera receber de Paulo Câmara o que o estado deve a ele, disse que já se desfez de vários bens para quitar dívidas contraídas para manter os serviços. “Agora o que nós queremos é receber o que ele está devendo, esperamos que dessa vez o governador Paulo Câmara assuma um compromisso com agente e cumpra. Já esperamos demais e até hoje só promessas, agora vamos aproveitar a visita dele e vamos fazer protesto”, disse um pipeiro.

Um dos organizadores do protesto disse a nossa reportagem que já espalhou a notícia por todo sertão, que muitos pipeiros vão comparecer com faixas e cartazes. O mesmo disse ainda que comunicou a toda imprensa da região, inclusive a TV e outros meios de comunicação. Ele espera que todos tomem conhecimento do descaso do governo com os pipeiros, que alguém se pronuncie e principalmente pague o que deve a eles. O mesmo aproveita e faz uma convocação aos pipeiros de outras cidades, com esperança de que o problema seja definitivamente resolvido.
Texto de Didi Galvão

Comentários

Anterior Proxima Página inicial