A fórmula mágica para a amizade

wp-1463050610462.jpg
Já tive algumas maneiras de definir a fórmula mágica para a amizade. Acreditei cegamente em algumas delas. Fui loucamente contra outras. Já tomei como melhor aquela amizade do textão no facebook. A que tem fotos exclusivas com legendas impactantes. Ou mesmo aquela em que, se os amigos não se falam por alguns dias, o clima fica estranho.
Com o tempo, a gente aprende a valorizar menos texto e mais abraço. Menos legenda e mais conversa. Menos “ah, vamos marcar” e mais “a que horas vocês chegam”.
Aprendi que não existe a tal fórmula mágica. Que as melhores amizades são aquelas que se mantêm mesmo com a distância, com a vida corrida e principalmente com o tempo.
Os melhores amigos são aqueles que te fazem rir mesmo em momentos trágicos. Que te zoam, mas te entendem, te respeitam. Aqueles que fazem esforço para marcar um encontro, ainda que não consigam comparecer. De quem você morre de saudade e quer ter sempre por perto.
Talvez a fórmula seja manter o equilíbrio. Como numa corda bamba. Caindo para qualquer um dos lados, a relação sempre será superficial. Mas se você se mantiver em cima da corda, vai ter um amigo que te enche o saco quando quer, mas respeita o seu silêncio enquanto te abraça.
Anterior Proxima Página inicial